domingo, 11 de julho de 2010

Festival de Jazz de Montreal

No primeiro de Julho, quando estava no festival do dia do Canada, começou a chuver e fui até à baixa aonde me podia refugiar fácilment. Escusado será dizer que aproveitei para ver mais coloridos e ouvir mais música logo que a chuva passou.

Neste dia vi paramédicos em bicicleta tanto na Festa do Canada como na entrada do Festival de Jazz, que se podem ver na fotografia abaixo. Com a sua indumentária branca e preta, os seus sacos bem visíveis de côr amarela, os meios de comunicação à cintura, demarcam-se bem dos restantes ciclistas. No canto superior esquerdo da mesma fotografia pode-se ver como estava o céu nesse dia.

Este recepiente para pôr as almofadas alugadas depois de usadas, lembrou-me os jogos de futebol em Coimbra nos anos cinquenta, quando ia com o meu Pai ver os jogos da minha Acamémica, que também é de quem lhe chamar sua.


Sem nuvensCom nuvens
Animadores de festas.
Também lá havia gente crescida.

Bandas ao ar livre.

O conjunto da universidade McGill, Combo 7, actuou logo a seguir aos "Rafik Mankarios Big Band".

Quase que me lembrou uma vila perto de Coimbra que ainda hoje contiuo a gostar muito: Gois. Nos casamentos, o noivo levava a máquina fotográfica na mão e o chapéu de chuva, mesmo que fizesse um sol radioso. A noiva quando que me viu com máquina fotográfica, foi logo chamar o seu amado para ficarem os dois para a posteridade. Fartei-me de rir com este par muito simpático.

Sem comentários: