quinta-feira, 28 de abril de 2011

Agrafos


2 comentários:

Dom Rafael "O Castelão" disse...

Já aqui estou.Vou apreciar a técni
Um abraço

AAAqui Ici Here e Alem Mar disse...

Rafael
Isto já vão muitos anos mas com o tempo a passar vou tentando me relembrar. Sem ser uma certeza absoluta, penso cada vez mais que os ditos agrafos tinham um bico de cada lado que juntavam os dois lados da carne. A tesoura, como já escrevi é possível que o fulcro fôsse do lado das pontas, fixas uma à outra na ponta como a antigamente a lâmina com que se cortava o bacalhau. Estava preza à frente. Mas não estou certo. Só fiz isto essa vez e nunca mais vi o material, pois nunca me passou pela cabeça uma situação dessas. Aprecie a técnica mas não a tente pois se tudo isto me foi esvanecendo, a cara de sofrimento dele... jamais. Um abraço.